PUBLICIDADE
espaço do ouvinte
monicayara@bol.com.b
quero mandar um bjao e a musica,,barreiras do brunno carvalho p\alberto fagundes,,centro de caruaru co amor e carinho,,obrigada
Empresários Brasil
Convite para reunião de negócios Participam de 40 a 50 empresários, 1 de cada segmento sem concorrência. Dia 9/11 sexta feira das 9h às 13h. Av. Ipiranga 877, 3 andar, República, São Paulo - 2 quadras do metrô República.. Serão 8 reuniões, todos se conhecerão. Aqui você vem para divulgar e vender seu produto ou serviço para quem decide. Imagina prospectar, agendar e visitar 40-50 empresários você gastaria mais de 5mil reais e levaria mais de 3 meses. Aqui de maneira organizada você fará todos este contados em 3-4 horas e investirá somente R$ 150,00 valor promocional. www.empresariosbrasil.com.br/categoria/eventos Dúvidas: Cristiane Oliveira Diretora Empresários Brasil whatsapp 11-9-6447-1999 contato@empresariosbrasil.com.br
PUBLICIDADE
Publicado em 05 de Junho de 2019

Oito bangladeses são detidos pela PF no Aeroporto do Recife

Oito bangladeses são detidos pela PF no Aeroporto do Recife

Os homens eram naturais de Bangladesh e conseguiram a permanência temporária no país por motivo de refúgio político-religioso

Por: Portal Folha PE em 05/06/19 às 06H35, atualizado em 05/06/19 às 07H22

Passageiros de Bangladesh são detidos no Aeroporto Internacional dos Guararapes.
Passageiros de Bangladesh são detidos no Aeroporto Internacional dos Guararapes.Foto: Divulgação/ PF

A Polícia Federal em Pernambuco, através da Delegacia de Imigração, deteve oito passageiros naturais do país asiático Bangladesh no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife. Os estrangeiros, que chegavam de forma irregular, estavam vindo de um voo de Buenos Aires, na Argentina. Os homens estavam sem visto de entrada.

Os passageiros apresentaram passaportes, carteira de tripulante marítimo e uma carteira de empresa marítima de transbordo (responsável por transportar os tripulantes do aeroporto até o navio) para embarcar em um suposto navio que só chegaria sete dias depois no Porto do Recife. Além da ausência de visto nos passaportes, a PF informou que a empresa responsável pelo navio não deu qualquer informação de que os passageiros estavam sendo aguardados para embarque como tripulantes. 

Em situações como essas, o estrangeiro tem a entrega negada no território brasileiro e é reembarcado para o seu país de origem. Contudo advogados compareceram à Delegacia de Imigração e fizeram um pedido de habeas corpus, informou o assessor da Polícia Federal, Giovani Santoro. "O advogado alegou, através do habeas corpus, que essas pessoas estavam sofrendo perseguição no seu país de origem", explica. 
( FONTE: FOLHA DE PERNAMBUCO   )

A medida solicita que os estrangeiros permaneçam no Brasil como forma de refúgio"na tentativa de preservar a integridade física, psicológica e corporal dos oito bangladeses, que sofriam perseguição político-religiosa em seu país de origem". Santoro informou que o caso será levado para o Conselho Nacional de Refugiados, em Brasília, e os homens vão permanecer no país até que a situação seja analisada por completo. 
Rádio Santa Cruz FM - 98,5
Av. Maria Santina 204 Bairro Bela Vista | Santa Cruz do Capibaribe - PE
Fone comercial: 81 3731 3444
Comercial Whatsapp: 9455 7474
© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados.