PUBLICIDADE
espaço do ouvinte
Giberlania ramos
Bom dia fabiano se possível toca aí sela rasgada caso proibido
Bis Gráfica
Somos uma Gráfica situado na zona norte de São Paulo. Produzimos desde impressos simples de 1 cor à impressos coloridos, catálogos, pastas, revistas e etc. Atualmente trabalhamos com a impressora ROLAND200 e equipamento de grande formato que nos proporciona rapidez e qualidade aos nossos impressos. Estamos a disposição para futuros orçamentos e novas parcerias. E-mail: contato@bisgrafica.com.br Visite nosso site e conheça um pouco nós www.bisgrafica.com.br
PUBLICIDADE
Publicado em 01 de Março de 2018

Correios aumentam frete em 51%; empresas de e-commerce protestam


O comando dos Correios marcou para 6 de março um aumento de 51% o valor dos fretes para compras e vendas online. O reajuste afetará bastante os consumidores e principalmente as empresas que vendem pela internet. A decisão fará com que o frete no Brasil seja 42% mais caro do que na Argentina, 160% mais caro que no México e nada menos que 282% mais caro que na Colômbia.

Vendas para fora das grandes cidades será ainda mais caro: considerando que os valores de frete para enviar um produto de um estado para outro já são altíssimos, eles ficarão ainda mais altos. O aumento de 51% afetará vendedores que moram ou atendem clientes fora das grandes cidades. Por exemplo, uma encomenda enviada de Curitiba para Maringá, que atualmente custa cerca de R$ 40,00, passará a ser R$ 57,00. Também foi instituída taxa extra para locais considerados como áreas de risco, como o Rio de Janeiro, que custará R$ 3,00 por encomenda.

O Mercado Livre enviou na tarde desta terça-feira (27), um comunicado para todos os seus usuários no Brasil com essas informações. O Mercado Livre ainda acusou os Correios de quererem repassar o que, segundo a companhia, seriam os custos da falta de eficiência da estatal brasileira:
 "Ao escolher repassar os custos da sua ineficiência operacional, os Correios causam um retrocesso na forma de comércio que mais cresce no mundo. Um retrocesso que impacta diretamente os pequenos e médios".
A empresa está incentivando o uso da hastag #FreteAbusivoNão, como uma forma de mobilizar as pessoas contra o aumento.

Rádio Santa Cruz FM - 98,5
Av. Maria Santina 204 Bairro Bela Vista | Santa Cruz do Capibaribe - PE
Fone comercial: 81 3731 3444
Comercial Whatsapp: 9455 7474
© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados.